Cear ou ceiar?

Sempre que estamos nos aproximando das festas de fim de ano, assim como de datas próximas à Semana Santa, é comum termos notícias de famílias de todos os lugares se reunindo, a fim de celebrar essas datas especiais por meio das famosas ceias.
Diante desses importantes momentos que ocorrem todo ano, pode ter surgido a seguinte dúvida gramatical na sua mente curiosa: o correto é cear ou ceiar?
Em outras palavras, existe essa vogal "i" entre as vogais "e" e "a"?
Parabéns pela curiosidade! São as perguntas que movem o mundo. Continue lendo para obter a resposta agora mesmo.
Antes de tudo, para que você nunca esqueça a resposta correta, memorize essa dica fundamental: não existe verbo terminado em -eiar!
Não se esqueça disso e tudo ficará mais simples.
Dica relacionada:

Cear ou ceiar?

Respondendo à pergunta inicial, de acordo com a norma culta da língua portuguesa, a forma correta é cear! Não existe a vogal "i" entre as vogais "e" e "a".
As dúvidas surgem, e são realmente muito naturais, por causa da grafia da palavra ceia, que é classificada como substantivo feminino e possui a vogal "i" em sua estrutura morfológica.

Assim, muitas pessoas se enganam e pensam que o correto seria ceiar, haja vista que esta palavra deriva do substantivo comum "ceia". Quer saber mais sobre a classificação dos substantivos? Então acesse:
Voltando ao tema proposto inicialmente, é importante que você não caia nessa armadilha da língua portuguesa.
Dependendo do seu uso no texto, o verbo cear pode ser classificado como transitivo direto ou intransitivo, cujo significado é: fazer refeições, comer ou beber durante a ceia.
Para saber mais sobre essas importantes regras do nosso querido Português, assim como para aprofundar o seu conhecimento sobre a nossa língua, veja as explicações a seguir.

ceiar-ou-cear

Formas nominais dos verbos

Existem três formas nominais em que os verbos do nosso idioma podem aparecer: gerúndio, particípio e infinitivo.
Essas formas são chamadas de nominais porque os referidos verbos, nesses casos, não expressam claramente o tempo e o modo verbal em que aparecem no texto, assemelhando-se a substantivos, adjetivos e advérbios, ou seja, nomes.
Dessa forma, para que saibamos o tempo e o modo verbal, devemos recorrer ao contexto em que as formas nominais estão dispostas no texto. Outra forma de descobrirmos o tempo e o modo dos verbos é através do verbo auxiliar que aparece nas locuções verbais. Se você quer saber tudo sobre isso, recomendamos a leitura do nosso conteúdo correspondente:

Gerúndio 

O gerúndio se refere a ações que estão ocorrendo em determinado momento, ou seja, ações de um processo não finalizado. 
A forma nominal do gerúndio é facilmente identificada porque termina em -ndo.
Como exemplos de verbos no gerúndio, podemos citar: estudando, aprendendo, dormindo, correndo, bebendo, rindo.

Particípio 

O particípio expressa a ideia de ação acabada, ou seja, que chegou ao seu fim.
Existe o particípio regular, cujas terminações podem ser -ado e -ido e o particípio irregular, cujas terminações podem aparecer praticamente de qualquer jeito.
Como exemplos de verbos no particípio, podemos citar: concluído, aberto, comprado, pintado, estragado, cozido, eleito.

Infinitivo

Por fim, o infinitivo é uma forma nominal que se refere a ações verbais propriamente ditas, correspondendo ao verbo em seu estado natural, cujas terminações podem ser: -ar, -er, -ir.
É exatamente nesse contexto que entra o verbo cear, que perde a vogal i do substantivo ceia e termina com -ar.
Para saber tudo sobre o uso correto do infinitivo na língua portuguesa, não deixe de acessar o conteúdo pertinente:

Conjugação do verbo cear

Veja a conjugação do verbo cear no tempo presente do modo indicativo (observe que as conjugações mais atrapalham do que ajudam, visto que possuem a vogal i):

Eu ceio
Tu ceias
Ele/Ela ceia
Nós ceamos 
Vós ceais 
Eles/Elas ceiam 

Portanto, não se deixe enganar pelas aparências. Você pode dizer tranquilamente: "eu ceio no Natal", porém não está correto dizer que "eu vou ceiar no Natal". A palavra ceiar não existe".

A última ceia

Já que estamos falando de ceia, nada mais justo do que falarmos também um pouco sobre um dos quadros mais famosos já pintados por uma dos maiores gênios da História. 
A obra foi produzida entre os anos de 1495 e 1498, na época do Renascentismo, tendo retratado nada mais nada menos que o filho de Deus, Jesus Cristo, acompanhado de seus 12 apóstolos.
Estamos nos referindo exatamente ao quadro A última ceia de Leonardo da Vinci. Observe a imagem:
ultima-ceia
Nessa obra grandiosa, o artista retrata a última ceia feita por Jesus Cristo ao lado de seus apóstolos, momentos antes de ele ser crucificado.
Segundo a Bíblia Sagrada, mais especificamente em João 13:21, foi exatamente na ceia descrita nessa obra que Jesus Cristo revelou o seu traidor, no caso Judas Iscariotes. 

Portanto, feita essa resumida abordagem histórica e retomando o nosso plantão gramatical, podemos concluir que a grafia correta é cear. A palavra ceiar, com a letra "i" está errada e você consequentemente deve evitá-la, principalmente em textos formais.

Você sabia que a regra vista nesse texto também se aplica aos verbos frear e estrear? Veja se aprendeu mesmo o conteúdo, clicando na dica abaixo:

Walderlei

Servidor público concursado, bacharel em Direito e em Segurança Pública, tendo frequentado ainda 6 semestres do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Ceará. Apaixonado pelo conhecimento!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem