Cobra é vertebrado ou invertebrado?

Se você está em dúvida se a cobra é um animal vertebrado ou invertebrado, então leia este pequeno artigo e saiba a resposta agora mesmo.
No entanto, se você é curioso(a) e quer aprender ainda mais sobre os animais vertebrados e invertebrados existentes na natureza, recomendamos fortemente que você confira nossa textoaula completa sobre o assunto:
Além disso, no fim deste artigo, você irá conferir algumas curiosidades interessantes sobre as serpentes. 
Você sabia que elas são surdas e que se alimentam geralmente a cada quinze dias ou vinte dias? Pois é, existem muitas coisas legais sobre esses bichos rastejantes que vale a pena conhecermos.

Cobra é vertebrado ou invertebrado?

Talvez você tenha ficado na dúvida se as cobras são animais vertebrados ou invertebrados porque esses animais têm enorme elasticidade e flexibilidade, podendo se enrolar em quase tudo o que veem pela frente.
Aí você deve ter pensado: será que a cobra tem ossos e vértebras tão flexíveis assim? Ou, na verdade, será que ela nem sequer tem vértebras e ossos?
A partir de agora, não restará mais dúvida na sua cabeça!
A cobra é um animal vertebrado, ou seja, ela está inserida entre os animais que possuem uma espinha dorsal, mais comumente conhecida como coluna vertebral, que é  composta por cerca de 200 a 400 vértebras.

Além disso, é importante esclarecer que os animais vertebrados são compostos por cinco grandes grupos, a saber: aves, répteis, mamíferos, peixes e anfíbios.
As cobras são classificadas como répteis ofídios, ou seja, animais inteiramente sem membros, desprovidos de cinturas peitoral e pélvica. 
O termo réptil vem do latim reptilis, que significa que se arrasta.
Todos os répteis são animais vertebrados, ou seja, possuem ossos e coluna vertebral. Por isso, podemos concluir que as cobras são, de fato, animais vertebrados.

Esqueleto de cobra

Como já foi esclarecido, as cobras possuem ossos e, consequentemente, também possuem esqueleto ósseo, que é composto pelas costelas, coluna vertebral, maxilares e crânio.
É exatamente esse conjunto estrutural das vértebras e do esqueleto da serpente que lhe confere a sua força para se agarrar em árvores, bem como para estrangular e sufocar uma presa.
O esqueleto em conjunto com a musculatura também constituem a fonte de sua grande flexibilidade e sua fabulosa capacidade de devorar até mesmo animais maiores do que seu próprio corpo.

Curiosidades sobre as cobras

Agora você irá conferir algumas informações muito interessantes sobre esses temidos bichos que se arrastam.

1. É um inimigo bíblico do ser humano.

A Bíblia sagrada retrata vários animais, porém revela certa preferência quando cita as cobras como criaturas astutas, enganadoras e trapaceiras.
No livro de Gênesis, a serpente induziu Adão e Eva a comerem o fruto da árvore proibida.
No Salmo 91, informa-se que o homem pisará a cabeça da serpente.
Em várias outras passagens, a cobra é citada.

2. Veneno

Não é novidade para ninguém que as cobras são muito mais conhecidas por causa do perigo que elas representam aos seres humanos.
E esse perigo reside em uma coisa: o veneno que elas possuem em suas bocas, notadamente nas presas, que inoculam veneno como verdadeiras agulhas.
Apenas a título de exemplo, podemos citar a cobra mais venenosa do mundo. Trata-se da Inland Taipan, da família Elapidae, a qual encontrada no litoral da Austrália.
Apenas para que você possa ter uma ideia, essa espécie possui um veneno hemotóxico potente e complexo, capaz de liquefazer o sangue, destruindo as células sanguíneas e causando hemorragias internas.
Estima-se que o veneno contido nas presas presas da Taipan seria capaz de matar 100 homens ou 250.000 ratos em aproximadamente 45 minutos. Todo cuidado é pouco quando se trata de cobras.

3. Tamanhos das espécies

A menor cobra do mundo é a Leptotyphlops carlae. Ela é uma espécie de serpente da família Leptotyphlopidae e mede cerca de 10 centímetros de comprimento.
A maior cobra do mundo já descoberta é a Titanoboa cerrejonensis, que mede quase 15 metros de comprimento.

4. Cobras são surdas

As serpentes possuem o sentido da audição praticamente nulo.
O mais incrível é que elas localizam as presas ou sabem que alguém está se aproximando através da vibração no solo ou através da língua. Veja mais detalhes a seguir.

5. Olfato na língua

O sentido do olfato nas cobras é executado atraves da língua. 
Um fato interessante é que a língua delas é dividida em duas partes, para que ela consiga detectar odores que venham de lados diferentes.

6. Alimentação

As cobras têm um ritmo de alimentação muito de interessante. Elas comem a cada 15 ou 20 dias.
Algumas delas, inclusive, podem passar até meses sem saborear uma refeição.
Isso ocorre porque elas engolem o alimento inteiro. Isso deixa o processo de digestão super lento.

Então é isso! As cobras são répteis vertebrados que nos chamam muita atenção, seja pelo perigo que elas podem representar, seja pela estrutura de seus corpos ou pelas curiosidades que possuem.
Por isso, nunca se aproxime ou brinque com esses animais, pois os riscos são realmente grandes.
Aprenda mais:


Walderlei

Servidor público concursado, bacharel em Direito e em Segurança Pública, tendo frequentado ainda 6 semestres do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Ceará. Apaixonado pelo conhecimento!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem